TPL_JM-RAINBOW_SEARCH

Com investimento aproximado de R$ 120 milhões a empresa irá gerar renda e oportunidade de emprego a população do Município de Garuva.

Com a inauguração do centro logístico da SuperFrio mais uma vez Garuva sai na frente no quesito de instalações de novas empresas. Isto ocorre devido à existência de uma política séria no Município, voltada ao interesse da população, a qual resulta no crescimento rápido e organizado de sua economia, gerando empregos e renda a população. Pensando no futuro, com visão centrada ao crescimento, a Prefeitura está trabalhando incansavelmente para atrair novos investimentos, os quais trarão melhor qualidade de vida a seus moradores. Exemplo disto foi a criação da Lei Complementar nº 80/2014 que estabelece o Programa Municipal de Desenvolvimento Econômico; a política de incentivos fiscais e econômicos destinada ao desenvolvimento do setor comercial, industrial e de prestação de serviço; que possibilita a concessão de incentivo econômico-fiscal as empresas investidoras.

Inauguração

Projetada e construída de acordo com referências internacionais em eficiência energética e produtividade, contando com registro do Serviço de Inspeção Federal para movimentar e armazenar produtos de origem animal destinados à exportação, a SuperFrio é uma empresa de grande porte, controlada pelo Pátria Investimentos -, sendo uma das líderes na indústria de logística frigorificada na América do Sul. A unidade é a primeira em Santa Catarina, e a 14ª no país, atuando nos mercados de agronegócios, food service, armazenagem geral, distribuição e exportação e importação.

O evento de inauguração da SuperFrio contou com a presença  diversas autoridades da empresa e convidadas, entre elas, Francisco Moura, CEO da SuperFrio, Frederico Barros, diretor da Pátria Investimentos, Hildo Batistella, mentor e idealizador do Porto Itapoá e grande parceiro da SuperFrio neste empreendimento, e o prefeito de Garuva, Rodrigo Adriany David entre outros.

O objetivo da empresa é chegar a 30 unidades até 2023, tornando-se, então, a maior da América do Sul no seu segmento. O empreendimento no Norte catarinense vai atender demandas de grandes grupos do setor alimentar, como Saara, BRF e Marfrig, que exportam ou importam pelo porto de Itapoá.

O grupo é o único operador logístico frigorificado do Brasil a adotar o sistema WMS, da JDA, referência global em tecnologia de armazéns. Em Garuva a unidade tem câmaras frias para armazenar 15 mil pallets, pátio para 500 contêineres e tem 200 tomadas.

TPL_JM-RAINBOW_ADDITIONAL_INFORMATION